2 de abril de 2010

D.O. de São Paulo é folhetim de campanha para Serra



Há algum tempo notamos que a Folha de São Paulo é o orgão oficial de propaganda da candidatura Serra à presidencia da República.
Reclamamos e denunciamos sempre que possível, pelo descaramento do jornal pretender-se "isento", mas é só o que podemos fazer, pois o jornal é privado e o dono faz o que quer.
Porém, o Diário Oficial do estado não é um jornal privado. Deveria ser o orgão de divulgação e prestação de contas do poder público ao povo, que é quem paga a edição e manutenção do D.O.
Dando uma rápida olhada pelo D.O. do estado de São Paulo, nota-se que as primeiras páginas da seção I, dedicam-se a fazer proselitismo da administração de governantes. Não há como provar que é propaganda, pois as matérias lá veiculadas passam a aparência de informação ao cidadão.
Na edição de hoje, 2 de abril de 2010, porém, me parece que passaram do ponto. Reproduzo abaixo a matéria e a indicação da pag. para quem quiser visitar.
A informação traz a "intenção" de construir uma ETEC, especializada para profissionais de televisão, em parceria com a Rede Globo, ao lado da TV Globo de São Paulo, no terreno público que foi invadido pela Rede Globo.
Já é suspeita essa parceria da Fundação Paula Souza, mantenedora das escolas técnicas aqui em São Paulo, com as organizações Globo, parceria antiga.Para ser mais preciso desde que o PSDB está no poder.
Mais suspeito ainda, é esse anúncio de mais uma "maquete" ou intenção, de construir uma escola técnica voltada para profissionais de televisão, no terreno público ocupado ilegalmente pela Rede Globo, em pareceria com a Rede Globo.
Será que a Rede Globo, que se apropriou desse terreno público em São Paulo e desfrutou desse terreno utilizando-o como parque de corridas e lazer para seus funcionários, construirá agora ( que veio a público a invasão do terreno público) uma escola técnica para formar mão de obra para Rede Globo de televisão?
Sempre foram promíscuas as relações do público com o privado na cultura política brasileira, mas o PSDB e as Organizações Globo já estão passando do límite do tolerável.
O PSDB permite que os Marinhos se utilizem dos bens públicos como se estivessem em suas privadas e que joguem na cara do povo brasileiro seus papéis sujos por essas relações promíscuas.



Do D.O. do estado de São Paulo, 02/04/2010.

São Paulo terá Etec especializada em mídia eletrônica
A primeira Escola Técnica Estadual
(Etec) voltada para a área de mídia eletrônica
deve iniciar as atividades em 2011
e será construída no bairro do Brooklin,
zona sul da capital paulista. A futura escola
oferecerá, inicialmente, os cursos técnicos
Multimídia e Produção de Áudio e Vídeo.
Estão previstas 240 vagas, 120 para cada
curso, nos três períodos. O de Multimídia
terá duração de três semestres e, o de
Produção, quatro semestres.
A nova Etec resulta de parceria entre o
Centro Paula Souza, a Globo Comunicações
e Participações e a Fundação Roberto
Marinho. Caberá à emissora a construção
da escola em terreno de propriedade do
Estado (próximo dos estúdios da TV Globo)
e o projeto de paisagismo com a plantação
de árvores nativas da Mata Atlântica do
Estado de São Paulo.
Conheça os novos cursos
Os cursos foram elaborados por especialistas
do Centro Paula Souza em parceria
com profissionais da Globo. O Paula Souza
ficará responsável pelo acompanhamento
do processo seletivo, contratação de professores,
compra de mobiliário e equipamentos
e a infraestrutura para o funcionamento
dos cursos. A nova Etec integra o Plano
de Expansão para a Educação Profissional,
uma das prioridades do Governo estadual.
Em todo o Estado são 183 Etecs, sendo 36
na capital, e 49 Fatecs.
Da Agência Imprensa Oficial
http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v4/index.asp?c=4&e=20100402&p=1

2 comentários

Rosangela Basso

E quem serão os alunos dessa escola? Por tudo o que vemos nessa "parceria", os alunos serão os apadrinhados de ambos.

Zeza Estrela

Ainda bem que a escola não será para formar atores e atrizes. Já imaginaram os métodos de ensino e aprovação que os profissionais da Globo junto com os burocratas do atual governo de SP utilizariam? :)