24 de junho de 2009

José Motosserra

Motosserra







O governador José Serra está indo na contramão da História.



Mandou cortar 1.500 árvores dos canteiros centrais da Marginal Tietê.



Vai concretar os gramados para construir sobre eles mais uma pista para automóveis e caminhões.



A Dersa, empresa que está executando o serviço, informou que para compensar o estrago plantará milhares de árvores nos arredores da Marginal.





São mais 15 ou 20 mil mudas, não me recordo.



O número não importa, pois eles sabem que ninguém vai sair por lá contando uma por uma para ver se cumpriram a promessa.



Ironia do destino, soube dessa notícia pelo SPTV, telejornal local da TV Globo em São Paulo.



A emissora, recentemente, fez a maior campanha pela despoluição de nossos rios.



Como maior exemplo, mostrou o que foi feito na Coreia do Sul com o rio Han, que era tão sujo como o Tietê, e hoje é motivo de orgulho no País.



Para recuperar o rio, os coreanos demoliram até pistas de automóveis que haviam sido construídas nas suas margens.



Exatamente o contrário do que o governo paulista vai fazer, agora.



Ao apresentar essa reportagem sobre as obras no Tietê, o jornalista (formado) Carlos Tramontina mal conseguiu disfarçar sua contrariedade.



A Globo, em São Paulo, historicamente, poupa os governos do PSDB que, aliás, sempre patrocinaram seus telejornais por intermédio da Nossa (lá deles) Caixa.



Por isso, provavelmente, Tramontina não pôde criticar a iniciativa do governo paulista.



Limitou-se a dizer que nesse episódio técnicos do Governo do Estado e da Prefeitura divergem.



Para os técnicos da Prefeitura a impermeabilização das margens do rio contribuem para as enchentes.



Logo, mais asfalto na Marginal, além de degradar o meio ambiente, vai provocar mais enchentes.



Infelizmente, este blog nunca foi patrocinado pela Nossa Caixa ou por outra empresa estatal paulista.



Por isso, tem liberdade para criticar essa obra, pela qual o governador de São Paulo merece um novo apelido:



José Motosserra.

do Blog. Escuta Zé.

1 comentário

Júlio Pegna

Infelizamente, nada!

Para ser independente é preciso ter coragem, coisa que a Globo não tem.

José Serra está pavimentando sua maior derrota eleitoral. Seus atos insensatos e destrutivos o levarão a perder mais uma eleição.
Só assim, meus amigos paulistas, terão a oportunidade de se livrar desse incapaz arremedo de liberal!